Facebook

Fundação AIP apresenta 2ª edição de Portugal Economia Social

PORTUGAL SOCIAL anuncio 130x165 Alto Alentejo 8 novembro

Financiamento e investimento públicos e privados, empreendedorismo e inovação social e boas práticas empresariais, são os grandes temas do programa do Fórum de Debate da 2ª edição "Portugal Economia Social", que decorre entre 17 e 18 de Novembro, no Centro de Congressos de Lisboa – Junqueira, com organização da Fundação AIP.

O Portugal Economia Social é um evento multidisciplinar constituído por uma mostra de empresas e entidades que pretendem mostrar os seus produtos / serviços ao sector e apresentar os seus programas de apoio a organizações sociais, um Fórum de Debate, Exposições e Dinâmicas na área do empreendedorismo e inovação social.
Ajudar toda a cadeia da economia social a dar novas respostas, eficazes e eficientes a problemas sociais é a missão principal deste evento que vai colocar em contacto um número alargado de protagonistas da sociedade civil e do sector público e privado, contando com empreendedores e investidores, business angels, empresas, fundações, mutualidades, municípios, cooperativas, IPSS, misericórdias e universidades.
Para além do espaço de discussão e debate, o evento vai contar com uma iniciativa altamente motivadora e dinâmica: o Social Innovation Shaker, que vai dar palco a novos empreendedores para fazerem o seu Pitch, colocando-os frente a frente com investidores que vão analisar o potencial dos projectos apresentados e selecionar 15. Esta iniciativa insere-se no pré-evento do Social Summit - Opening up to an Era of Social Innovation, um projecto da Comissão Europeia, do Governo Português e da Fundação Calouste Gulbenkian.
Os visitantes terão ainda a oportunidade de visitar uma exposição mostra interactiva, que lhes permitirá o contacto direto com uma experiência prática de Empreendedorismo Social, numa iniciativa do IES / SBS e da Fundação AIP.

Para Jorge Rocha de Matos, presidente da Fundação AIP, «a ideia de reunir num mesmo espaço centenas de empresas públicas, privadas e participantes, num formato dinâmico e muito interativo que engloba para além da oportunidade de networking, uma real oportunidade de concretização de um novo negócio, é para nós altamente gratificante. Por outro lado, acreditamos que o estímulo à economia social deve acontecer através da promoção, dinamização e qualificação do setor, pelo que é fundamental que se criem espaços de contacto com investidores sociais, fornecedores do sector e entidades várias de capacitação, que proporcionem a experiência do conhecimento em empreendedorismo social».

Esta iniciativa da Fundação AIP conta com o alto patrocínio da Presidência da República e com a presença da Ministra da Presidência e Modernização Administrativa, Maria Manuel Marques, no dia 18.

Mais informações em:
http://www.portugaleconomiasocial.fil.pt/

https://www.facebook.com/Portugal-Economia-Social

ALGUNS DADOS RELEVANTES:

NÚMEROS DA ECONOMIA SOCIAL EM PORTUGAL
• 260.000 trabalhadores dedicados (2º empregador em Portugal)
• 61.268 entidades envolvidas
• 15 milhões de euros de recursos
• 3,8% contributo para o PIB nacional com trabalho voluntário
• 11,5% população com trabalho voluntário
• 5,5% emprego total remunerado

MAIORES FINANCIADORES SOCIAIS EM PORTUGAL
• Santa Casa da Misericórdia
• Grupo Montepio
• Fundação EDP
• Fundação Calouste Gulbenkian

PRÉMIO EMPREENDEDOR SOCIAL
Vencedor 1ª edição: Super Babysitters
Destina-se a destacar novos empreendedores com projetos em fase inicial ou de crescimento e é promovido pela Fundação AIP, Montepio Geral e IES Social Business School.
• Prémio monetário de 1.500 euros
• Stand gratuito em 3 feiras
• Bolsa de formação
• Apoio de mentoria durante 6 meses

CASES DE PITCH COM SUCESSO*
• Fruta Feia
• Color Add
• Ekui
• Speak
• Academia de Código

e-max.it: your social media marketing partner

1ª Página

Publicidade

Calendário

Novembro 2017
S D
30 31 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 1 2 3

Links Úteis