Em 2019, a PSP registou 900 denúncias de violência entre namorados e mais de 1200 relacionadas com violência entre ex-namorados.

Os números, segundo a força de segurança, «são totais aproximados», uma vez que «a estatística global de 2019 ainda se encontra em consolidação»

A grande maioria das vítimas são mulheres entre os 18 e os 24 anos. Já os homens são maioritariamente vítimas neste contexto na faixa etária entre os 25 e os 34 anos. Relativamente ao agressor, tanto o masculino como o feminino, encontra-se usualmente na faixa etária entre os 25 e os 34 anos.

Os dados são revelados pela PSP por ocasião da operação “No Namoro não há Guerra”, que se prolonga até dia 19 e conta com o empenho das equipas do Programa Escola Segura.

A iniciativa pretende assinalar o Dia de S. Valentim ou Dias dos Namorados, que se celebra a 14 de Fevereiro, e consiste na realização de acções de sensibilização junto dos alunos do 3º ciclo do ensino básico e do ensino secundário, promovendo a prevenção da violência no namoro e violência doméstica, «numa clara demonstração da aposta da PSP na prevenção de comportamentos violentos e no contributo para que os jovens percepcionem os afectos como espaços de sensibilidade e respeito, nos quais a violência, de qualquer tipo, não pode ter lugar».

Mais Notícias