O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, contactou vários autarcas do distrito no sentido de fazer um ponto da situação sobre a pandemia do COVID-19 e transmitir uma mensagem de «confiança» e «esperança» às populações.

No distrito de Portalegre, até ao momento, os municípios de Arronches, Campo Maior, Castelo de Vide e Marvão já confirmaram que os seus presidentes foram contactados pelo Chefe de Estado.

De acordo com uma nota do Município de Arronches, Marcelo Rebelo de Sousa ligou na noite de domingo a Fermelinda Carvalho para uma conversa em que se inteirou do trabalho efectuado pela autarquia e reforçou «a extrema necessidade de se manter o isolamento da população face a contactos exteriores, tanto internos como externos, uma vez que a nossa população tem laços muito próximos com o povo vizinho de Espanha».

Na mesma nota, a autarquia revelai ainda que o Presidente «deixou uma mensagem de esperança, confiança e solidariedade para com os Arronchenses nesta dura fase que todos nós atravessamos».

Também o presidente da Câmara de Campo Maior, João Muacho, foi contactado no domingo pelo Presidente da República que, de acordo com o Município, desejou «a todos os campomaiorenses, autarcas e habitantes do concelho de Campo Maior, muita força, coragem e determinação nas semanas que se avizinham», manifestando ainda «toda a sua solidariedade institucional e expressando toda a sua certeza de que o povo português sairá vencedor desta “guerra”».

Nas suas redes sociais, também o presidente da Câmara de Castelo de Vide, António Pita, comunicou ter sido contactado no domingo por Marcelo Rebelo de Sousa, o qual «manifestou a sua preocupação com a nossa população, reforçando a necessidade do isolamento a contactos externos - sejam eles portugueses, espanhóis ou outros - expressando, ainda, a sua solidariedade e confiança em todos nós, saudando os castelo-videntes e povoenses pelo cumprimento das recomendações».

Já na manhã desta quarta-feira, dia 25, o Presidente da República contactou com o presidente da Câmara de Marvão, Luís Vitorino, a quem deixou «uma mensagem de ânimo, confiança e esperança a todos/as os/as marvanenses, tendo reforçado, ainda, a necessidade da nossa população, maioritariamente idosa, manter o isolamento social e evitar, tanto quanto possível, contactos com o exterior», lê-se numa nota do município.

Mais Notícias