O Ministério Público requereu, junto do Tribunal de Elvas, o julgamento de dois homens «fortemente indiciados pela prática de um crime de roubo e sequestro».

De acordo coma uma nota publicada na página da internet da Procuradoria da Comarca de Portalegre, o factos remontam a 28 de Novembro de 2019 quando a vítima, de 86 anos e nacionalidade espanhola, foi abordada a pretexto de uma boleia para Espanha e, ainda em Portugal, através de ameaças e força física, foi assaltada e mantida contra sua vontade no interior de um veículo, sendo depois abandonada na berma da estrada.

Um dos arguidos foi sujeito à medida de coacção de prisão preventiva, continuando a aguardar o desenrolar do processo sujeito à mesma medida de coação, e o outro a termo de identidade e residência.

Mais Notícias