Facebook

Inquérito ao incêndio do Andanças arquivado

13682425 1371780456172236 1091128607 o

O Ministério Público decidiu arquivar a investigação ao incêndio que deflagrou, em Agosto do ano passado, no parque de estacionamento do Festival Andanças e que destruiu 458 viaturas.

De acordo com o Ministério Público não foram encontrados vestígio de que o incêndio, que ocorreu numa zona que estava a ser utilizada para estacionamento de veículos, tendo ardido quase dois hectares de mato, tenha sido ateado de forma intencional ou deliberada.
Um comunicado da procuradoria da comarca de Portalegre, divulgado hoje, refere que «não foi possível apurar quaisquer indícios que permitissem concluir que o fogo tivesse sido ateado de forma deliberada ou intencional. Também não foi possível recolher indícios que permitissem apurar as circunstâncias concretas em que o mesmo ocorreu nem a eventual responsabilidade negligente de alguém».
O Ministério Pública indica que o incêndio teve início no parque de estacionamento e na proximidade de três viaturas que ali se encontravam, «excluindo-se que o mesmo se tivesse ficado a dever a qualquer causa eléctrica e/ou mecânica desses veículos», e clarifica ainda que o "Andanças" estava «devidamente autorizado e tinha um plano de segurança que contemplava o risco de incêndios e que a preparação do terreno que serviu de parque de estacionamento foi feita da forma habitual, não existindo regulamentação específica para este tipo de situações ou eventos».
Até ao momento a PédeXumbo, associação promotora do festival, ainda não confirmou a realização em 2017 do "Andanças" em Castelo de Vide.

e-max.it: your social media marketing partner

1ª Página

Publicidade

Calendário

Novembro 2017
S D
30 31 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 1 2 3

Links Úteis